Farinha de Banana Verde Emagrece Mesmo?

Pessoas com escolhas alimentares limitadas, como sua condição os torna incapazes de tolerar o glúten, encontrado no trigo e outros grãos. Pesquisadores da Universidade do Brasil desenvolveram uma massa de farinha de banana verde, é um excelente substituto para quem precisa emagrecer e controlar o colesterol. O produto tem menos gordura e é mais barato para produzir do que massas padrão.

A pesquisa acaba de ser publicado no Jornal da Academia de Nutrição e Dietética.

“Não houve diferença significativa entre a massa modificada e amostras padrão em termos de aparência, aroma, sabor e qualidade geral”, relata a pesquisadora Renata Puppin Zandonadi, Phd, do Departamento de Nutrição da Universidade do Brasil.

“As bananas verdes são considerados um subproduto de baixo valor comercial e pouco utilizada. Para os produtores de banana e fabricantes de produtos de massa, há a possibilidade de diversificar e expandir seu mercado.”

Os pesquisadores compararam uma preparação padrão massas de trigo integral feito de farinha de trigo e os ovos inteiros com um feito de farinha de banana verde, clara de ovo e com água. Essas alterações reduziram o teor de gordura e aumentaram o valor de proteína da massa, importante, porque a remoção de glúten reduz tipicamente algumas proteínas responsáveis por algumas das características sensoriais de massas alimentícias.

O macarrão modificado com essa farinha diminuiu o teor de gordura por mais de 98%. Esta redução é particularmente importante para os pacientes com doença celíaca, porque muitos produtos sem glúten compensam a remoção do glúten com níveis elevados de teor de lipídios.

Nesta pesquisa também foi dito que se você aliar a farinha de banana verde com a planta moringa oleifera, os resultados podem ainda melhores, pois a planta moringa é uma poderosa aliada no combate a várias doenças e também ajuda no processo de emagrecimento.

A farinha de banana verde pode ajudar a controlar os índices de controle glicêmico, regularidade, colesterol, transito intestinal, e fermentação por bactérias intestinais. “Considerando que a doença celíaca não tratada promove o câncer nas células intestinais uma doença altamente inflamatória da mucosa, desenvolvendo produtos sem glúten com compostos bioativos, como os presentes na farinha de banana verde é importante para os pacientes com doença celíaca”, conclui Dr. Zandonadi. “Os doentes irão beneficiar da ingestão de um produto com um melhor perfil nutricional feita a partir de um ingrediente que é produzida e consumida no mundo.”

Em uma apresentação de podcast de acompanhamento, Raquel Braz Assunção Botelho, PHD, discute os benefícios potenciais da farinha de banana verde.

De acordo com o nutricionista Israel Adolfo, de São Paulo, a farinha de banana verde é uma aliada para pessoas com diabetes por ser um alimento de baixo índice glicêmico. “Isso significa que a quantidade de glicose que esse alimento libera no sangue ao ser digerido ocorre de forma lenta e gradual, mantendo os níveis de glicose no sangue controlados”, explica. Por conta disso, o organismo precisa liberar uma quantidade menor de insulina para que a glicose seja corretamente absorvida pelas células, contribuindo para a prevenção da diabete e ajudando no controle de quem já possui.

De acordo com a revista eletrônica Minha Vida, a farinha de banana verde tem muitos benefícios confira 7 dos benefícios mais importantes.

Melhora o trânsito intestinal

Por ser digerida apenas no intestino delgado, o amido acumulado e resistente da farinha consequentemente suscetível à fermentação pelas bactérias do colón. “Esta fermentação resulta na formação de ácidos graxos de cadeia curta (AGCC), que possuem um papel muito importante na nutrição das células intestinais”, afirma o nutricionista Israel. Por isso a farinha de banana verde ajuda a estimular a flora intestinal, melhorando o seu funcionamento, digestão e controlando problemas como a prisão de ventre.

Ajuda a evitar câncer de intestino

O amido resistente presente na farinha de banana verde é digerido pelo nosso corpo como uma fibra insolúvel, e como tal auxilia no trânsito intestinal. “Ao melhorar o funcionamento do intestino, também atuamos no tratamento e prevenção de quadros como diarréia e constipação, além de prevenir o desenvolvimento de doenças como o câncer de intestino”, afirma o nutricionista Israel.

Dá saciedade

“Por atuar como uma fibra, o amido resistente atrasa o tempo de absorção dos nutrientes pelas células intestinais, o que traz uma maior sensação de saciedade”, explica o nutricionista Ricardo Zanuto, de São Paulo. Para quem está de dieta, a farinha de banana pode ser uma aliada, já que essa saciedade adia a fome e evita os lanches fora de hora.

Fortalece a imunidade

Pouca gente sabe, mas uma flora intestinal funcionando tem um importante papel na prevenção de doenças. De acordo com a nutricionista Cristina Grandjean, do Spa Fazenda Igaratá, em São Paulo, ao estimular o crescimento da flora intestinal benéfica, você intensifica sua capacidade de combater bactérias que entram em nosso organismo por meio da alimentação. “O amido resistente serve como alimento para as bactérias do intestino, que dessa forma se reproduzem com mais facilidade e ajudam a estimular o sistema imunológico.”

Reduz os níveis de colesterol

Para entender o mecanismo de ação da farinha de banana verde na redução do colesterol, primeiro é preciso saber que muito do colesterol presente em nosso corpo é produzido pelo próprio fígado, para ajudar na digestão de gorduras. “Depois de ser usado na digestão dos alimentos, ele volta para o fígado, onde deve ser reabsorvido para produzir uma nova bile”, explica o nutricionista Israel. Se a flora intestinal não estiver funcionando como deveria, o colesterol não é absorvido e vai para a corrente sanguínea, elevando os níveis da substância no sangue. “A farinha de banana verde reduz a produção de colesterol pelo fígado e ainda auxilia na sua eliminação, impedindo que ele se acumule no sangue, diminuindo o risco de doenças cardiovasculares.”

Alivia os sintomas da TPM

A banana é rica em vitamina B6 e triptofano, substâncias necessárias na síntese de serotonina, um neurotransmissor que promove sensação de bem-estar. “Por conta disso e do seu teor de fibras, a farinha de banana melhora o humor e ajuda a diminuir ou até eliminar o inchaço e as cólicas”, explica a nutricionista Cristina.

Ajuda na prevenção da osteoporose

O amido resistente da farinha diminui o pH intestinal quando digerido, favorecendo a absorção de alguns nutrientes, entre eles o cálcio. “Se aliarmos o consumo adequado de fibras e cálcio, facilitaremos a absorção desse nutriente, contribuindo para a prevenção da osteoporose”, diz o nutricionista Israel. “Além disso, a banana é rica em fósforo, um mineral importante para a formação da matriz óssea que, consequentemente, auxilia no fortalecimento dos ossos”, diz Ricardo Zanuto.

Veja mais informações sobre a farinha de banana no vídeo abaixo:

Leave a Reply

+ 78 = 84